Ter eficiência na gestão financeira é essencial para reduzir custos e ter um fluxo de caixa adequado. Isso requer muito esforço e dedicação, por meio de um trabalho minucioso que deve ser feito de forma a não comprometer os resultados da empresa.

Quando se fala em administração de cartões próprios, portanto, é importante ter um planejamento para administrar os recebimentos da melhor forma possível. Com o aumento do volume de vendas nessa modalidade (seja débito ou crédito), é necessário ter uma eficiente gestão de crédito e administração da operação.

Isso pode ser feito internamente, pela equipe de gestão de crédito da loja, ou com o apoio de uma financeira. Há diferenças importantes entre as duas opções e elas devem ser levadas em conta na hora da escolha pelo gestor.

Separamos, neste artigo, alguns números que mostram como este mercado de cartões está em expansão e, ainda, as diferenças entre a administração própria e por meio de financeira na gestão de crédito. Confira!

Qual o tamanho deste mercado?

Na era atual, os cartões de crédito e débito são as facilidades mais populares. Pesquisa da Associação Brasileira das Empresas de Cartões de Crédito e Serviços (Abecs) indica que, de 2008 a 2016, a participação dos cartões no consumo das famílias brasileiras aumentou 60,7%.

Em 2017, a entidade aponta que as compras com cartões de débito e crédito atingiram o valor de R$ 1,36 trilhão.

Como ter uma administração eficiente?

Com os pagamentos em cartão cada vez mais comuns, oferecer estas alternativas aos clientes é fundamental para qualquer empresa. É essencial, ao mesmo tempo, fazer uma administração eficiente desses processos. 

Vale, então, consultar e compreender qual modalidade de gestão que mais se adapta ao contexto da sua empresa: gestão própria ou por meio de financeira. Abaixo, descrevemos um pouco mais sobre estas diferenças:

Modalidades de gestão do cartão da loja

O ponto chave é pensar na maneira que deseja administrar o crédito: de maneira própria ou terceirizada (isto é, isentando a responsabilidade na oferta do crédito). No entanto, é importante sempre contar com uma solução que ofereça confiabilidade e, claro, uma gestão adequada ao perfil do seu negócio. Por onde começar? Veja as dicas abaixo:

Compare os seguintes pontos:

Como já falamos, independente da forma de administração escolhida, a gestão do crédito deve ser feita cautelosamente para que eventuais perdas sejam evitadas, a fim de garantir a lucratividade.

Quando a gestão é própria, ou seja, feita internamente, há um maior controle sobre o risco de inadimplência e crédito, bem como menor incidência de taxas. Além disso, existe a possibilidade de aproveitamento de infraestrutura interna da empresa (equipe, por exemplo), no caso de lojas que já contam com o crediário.

Algumas empresas, no entanto, optam por entregá-la a financeiras. Geralmente, quando não há ainda o conceito de gestão de crédito incutido na empresa ou, ainda, a oferta de crédito não é uma opção de negócio para o empreendimento.

Além disso, é preciso comparar o custo-benefício, uma vez que essa opção — via financeira — vai inevitavelmente trazer cobranças de taxas (tanto para a sua empresa, como para o seu cliente), sem a possibilidade da loja interferir na cobrança e, até mesmo, na aprovação e critérios para análise de crédito.

Um outro ponto que deve ser levado em consideração é que, com a opção da gestão por financeiras, a carteira de clientes fica sob responsabilidade desta e, como você já deve saber, esses dados são extremamente valiosos para sua gestão.

Já via administração própria, além de não ter que contar com as taxas administrativas repassadas à financeira, você ainda detém 100% da sua carteira, podendo planejar e executar ações importantíssimas de relacionamento com seus clientes. Ou seja, uma excelente oportunidade comercial!


CLIQUE PARA ACESSAR A TABELA COMPARATIVA!


O planejamento é essencial para a tomada de decisão

Em resumo, é importante observar quais são as vantagens de cada sistema antes de escolher o que efetivamente será adotado.

Isso faz a empresa ter um processo mais efetivo, com um controle apurado de tempo e custos demandados pela operação de administração de cartões.

E então, ficou interessado em saber mais sobre a administração própria do cartão da sua loja? Entre em contato com a gente para conhecer os serviços que oferecemos e como eles podem auxiliar sua operação!

 

Share: