Já aconteceu de você entrar em um comércio e perder a noção do tempo? Ou o contrário: não ver a hora de sair do lugar? Isso acontece porque o layout da loja tem um grande impacto na experiência do consumidor, podendo facilitar ou dificultar o processo de compra.

É importante ter em mente que o arranjo físico de uma loja tem o objetivo de fazer o cliente entrar e permanecer no local até efetuar a compra. Portanto, mais do que uma localização privilegiada e um aluguel com ótimo custo-benefício, é essencial considerar essa questão para o sucesso do negócio. Continue a leitura para entender mais sobre o assunto!

Quais as vantagens de investir no layout da loja?

Tem locais que, se pudermos, evitamos a todo custo. Contudo, existem lojas que dá até prazer em entrar e permanecer no ambiente, andando pelos corredores e admirando a disposição dos produtos — é o que acontece com muitas pessoas na Leroy Merlin, por exemplo.

Esse é o poder de um layout bem planejado. Além de atrair mais clientes, existem outras vantagens, como:

  • diversificar a apresentação das mercadorias de forma funcional e criativa;
  • proporcionar comodidade ao visitante;
  • melhorar a percepção e a experiência do consumidor;
  • aumentar a satisfação do cliente;
  • impulsionar as vendas.

Como fazer um layout atrativo?

Você notou quantas vantagens sua empresa pode obter ao investir em um layout adequado, mas é preciso observar uma série de fatores, tais como cores, vitrines, disposição de mobiliários e produtos, limpeza e iluminação. Enfim, confira outras dicas para arrasar na sua loja!

Crie um ambiente que caracterize o seu tipo de negócio

Para você entender melhor o que queremos dizer com criar um ambiente que caracterize seu tipo de negócio, vamos usar a Leroy Merlin como exemplo, outra vez. Afinal, as lojas da marca em questão realizam um ótimo trabalho de layout.

Com cenários em tamanho real dos cômodos de uma casa, a multinacional demonstra, com criatividade, como seus produtos podem ser utilizados.

Essa é uma ideia incrível, pois atua no imaginário do cliente, fazendo-o pensar em determinadas situações e aumentando as chances de compra.

Organize o espaço de acordo com o fluxo de clientes

A ideia do layout é induzir o consumidor a percorrer um determinado caminho dentro do comércio.

Toda loja tem seus “pontos quentes”, onde há maior fluxo de pessoas. É preciso saber conduzir o público para esses locais ou, então, colocar os produtos mais procurados em “pontos frios”, como o fundo da loja, para que o cliente percorra um caminho maior e se depare com outros itens.

Para tanto, é necessário fazer uma análise de movimentação a fim de conhecer o fluxo de clientes da loja — de outra forma seria difícil determinar os pontos quentes e frios do local e usar isso a seu favor.

Lembre-se de que as pessoas não podem se esforçar demais para encontrar o que procuram no seu comércio. Portanto, invista em boas sinalizações.

Pense na iluminação

A iluminação é, por si só, uma ótima estratégia de sinalização e ambientação. Ela é responsável por definir a atmosfera de um local, por isso tem um papel fundamental no layout da loja e na experiência que será ofertada ao consumidor.

Você pode usar luzes auxiliares para realçar produtos e pontos do seu comércio. Assim, fica mais fácil chamar a atenção do cliente para algo específico e conduzi-lo convenientemente pelo lugar. Nunca subestime uma boa iluminação.

Utilize a identidade visual

Sua marca tem uma identidade visual, certo? Essas características devem se estender para o layout da loja. Portanto, preste atenção em detalhes que mostram o profissionalismo do seu negócio, como cores do chão, das paredes, das prateleiras e demais elementos visuais.

Saber como planejar o layout da loja é fator decisivo para o sucesso de uma empresa. Uma sugestão: observe o que pode ser melhorado no arranjo físico do seu comércio e depois avalie a concorrência. O mercado está cada dia mais competitivo, por isso, mais do que nunca é preciso se diferenciar em todos os sentidos.

Valorize a comunicação de ofertas atrativas

Conte com a sinalização e comunicação visual da loja para promover campanhas internas e promoções exclusivas da loja. Um bom exemplo, pode ser a promoção do cartão próprio do estabelecimento como meio preferencial de pagamento.

Além de criar uma vantagem competitiva para seu negócio, por meio do Private Label, você estreita o relacionamento com os seus clientes e oferece vantagens comerciais bastante atrativas!

Esta comunicação pode ser exposta nas gôndolas, próximo ao caixa, entrada da loja e demais pontos em que a visibilidade da oferta seja privilegiada.

Gostou deste artigo? Saiba dos próximos conteúdos seguindo nossas redes sociais. Estamos no Facebook e no LinkedIn! Aproveite para conferir também este outro conteúdo: CONHEÇA 5 TÉCNICAS DE MERCHANDISING PARA ATRAIR MAIS CLIENTES NO PDV

Share: