Saber como anda o desempenho do seu time de vendas e das suas estratégias é um dos pilares essenciais para o sucesso de um negócio. Afinal, ao medi-lo, é possível descobrir se as ações planejadas têm gerado os resultados esperados. Neste aspecto, vendedores têm os indicadores de vendas como aliados.

Esses índices são usados para mostrar se a performance da equipe tem tido sucesso no cumprimento dos objetivos traçados.

Neste artigo, você vai conhecer quais são os indicadores de vendas ideais para usar em lojas. Continue a leitura para conferir!

1. Taxa de conversão

A taxa de conversão é um dos principais indicadores de vendas. Ela funciona a partir da análise das propostas enviadas e daquelas que realmente foram efetivadas.

Esse indicador permite identificar a eficiência das estratégias e o trabalho da equipe de vendas em converter consumidores. Por isso, ela é essencial para o aumento dos lucros da empresa.

O cálculo da taxa de conversão é simples: é só somar a quantidade de oportunidades geradas, com o número total de vendas de um determinado período. Caso queira o resultado em porcentagem, apenas multiplique o resultado encontrado por 100.

2. Ticket médio

Quer entender melhor o comportamento de compra dos seus clientes? Então, experimente mensurar o ticket médio de compras.

Esse indicador tem o objetivo de identificar como os consumidores interagem com os produtos da marca, fazendo uma média do valor gasto por pedido.

O ticket médio está diretamente relacionado com o faturamento do negócio, ou seja, quanto maior for o seu valor, maior será o faturamento no fim do mês. Mas, afinal, como aumentar o ticket médio? Separamos alguns exemplos a seguir:

  • criação de combos de produtos;
  • frete gratuito a partir de um valor mínimo de compra;
  • descontos constantes nas mercadorias;
  • vantagens exclusivas para compras através de um meio preferencial de pagamento (como o cartão próprio da loja).

O cálculo do ticket médio é feito a partir da divisão entre o faturamento total e o número de pedidos.

3. Lifetime value (LTV)

O lifetime value é um indicador de extrema importância para medir a performance das vendas. Ele indica quanto a empresa fatura pelo tempo que o cliente permanecer consumindo os seus produtos ou serviços.

Para descobrir quanto vale o LTV de cada cliente, basta pegar o valor mínimo que ele gasta mensalmente e multiplicar pelo tempo que ele consome na sua empresa.

Por exemplo, se um consumidor paga, em média, R$ 20,00 mensais de assinatura de uma revista e permanece na carteira da empresa por dez meses, então o LTV dele será de R$ 200,00. Você pode adaptar esta métrica à realidade do seu varejo, obviamente.

4. Ciclo de vendas

Por fim, não poderíamos deixar de falar do ciclo de vendas, já que é um dos principais KPIs utilizados.

Ele determina o tempo necessário para uma pessoa completar a compra na sua empresa, desde o primeiro momento em que ela foi atraída para sua loja

Um ciclo de vendas muito demorado pode significar que o marketing não tem sido efetivo para levar o consumidor para a próxima etapa do funil de vendas. 

Como pode ver, os indicadores de vendas são fortes aliados para melhorar o planejamento estratégico da equipe de vendas.

No entanto, é importante ressaltar que manter um número alto de indicadores não é recomendado, já que o excesso de dados para analisar pode causar uma grande confusão. Assim, lembre-se de escolher apenas aqueles que estiverem mais alinhados com os objetivos atuais do seu negócio.

Gostou de conhecer os principais indicadores de vendas? Aprenda também sobre como melhorar a sua gestão por indicadores na prática!

Share: