O cliente nem imagina a quantidade de trabalho envolvido nos esforços de uma empresa para levar até ele um bom produto ou serviço. No entanto, se sua clientela não precisa conhecer os processos e indicadores de uma empresa, o mesmo não se pode dizer de quem a administra.

Por isso é tão importante fazer uma gestão por indicadores, para que estes dados norteiam seu planejamento estratégico e, consequentemente, seus resultados sejam mais eficazes!

O que é uma gestão por indicadores?

Imagine sua empresa como um estudante que tem que passar de ano. O resultado que ele deseja é evitar a reprovação. Para isso, terá que se sair bem em 10 disciplinas do seu currículo escolar, obtendo nota mínima sete, além de ter 75% de presença. Esses são os indicadores que ele deve monitorar.

Muitos empreendedores não fazem uma gestão por indicadores e, por isso, acabam não entendendo como alcançar seu objetivo final — aumentar suas vendas, por exemplo.

Como fazer uma gestão por indicadores?

Identificando os indicadores

Cada empresa terá seus próprios indicadores de acordo com o segmento em que atua.

Para tornar esse artigo mais didático, focaremos no segmento de vendas. Nesse caso, podemos exemplificar o conceito com dois indicadores.

Ticket Médio

Calcula o valor médio de cada venda, por isso, ajuda o empresário a perceber se sua loja fatura mais com a venda de itens mais baratos ou com produtos mais caros.

O cálculo do Ticket Médio se faz da seguinte forma: Faturamento/ Número de vendas.

Lucratividade

Revela se as vendas estão sendo suficientes para pagar os custos da loja e ainda gerarem lucro. Seu resultado ainda pode ser usado para comparar a lucratividade entre períodos do ano, por exemplo.

Seu cálculo se faz do seguinte modo:

Lucratividade = (Lucro Líquido/Faturamento) X 100

Escolhendo os indicadores

No caso do segmento de vendas, a gestão por indicadores deve focar nos processos envolvidos com a atividade final da empresa, que é gerar lucro por meio da venda de produtos.

Nesse caso, o empresário deve entender quais são os processos da loja, como o processo de compra (fornecedores) e a contratação de vendedores (lucro que cada vendedor gera, por exemplo). Ou seja, o empresário deve entender como sua empresa funciona para escolher quais indicadores deve analisar.

Monitorando os indicadores

A tecnologia é uma importante aliada na hora de realizar uma gestão por indicadores, uma vez que, além de salvar dados relacionados à empresa, ela também ajuda a interpretá-los.

Por isso, o empresário deve contar com soluções especializadas no monitoramento e gestão desse tipo de informação. Não saber como interpretar os indicadores coloca em risco a gestão e pode fazer com que a empresa tome decisões equivocadas.

Esse risco torna-se desnecessário hoje em dia, já que temos empresas especializadas nesse ramo de atuação.

A gestão por indicadores deve ser incorporada às empresas, pois ela torna o trabalho mais eficiente, ajudando o empreendedor a tomar decisões corretas para alcançar suas metas. Trabalhar sem esse controle é contar com a sorte — e nem sempre isso é um bom negócio.

Já conhecia a gestão por indicadores? Quer mais dicas e informações? Então fale com um de nossos consultores especializados, clicando aqui!

Aproveite para conhecer outros indicadores que nossa Solução Varejo Avançado podem auxiliar em sua gestão de varejo. Clique aqui e saiba mais!

Share: