Aumentar a receita no varejo é uma questão que demanda muito conhecimento e disciplina. Isso porque é preciso colocar em prática as estratégias certas para garantir que os clientes serão cativados e, consequentemente, as vendas aumentarão. Entender as dores do seu público, saber exatamente o que eles precisam e quais são suas expectativas em relação ao que você oferece é fundamental para fazer uma gestão de loja eficiente.

Nesse sentido, a busca pelo conhecimento se faz muito importante, pois é por meio dela que você consegue se atualizar sobre as tendências do seu segmento e, ainda, pode criar ações inovadoras que ajudarão a destacar a sua empresa dos seus concorrentes.

Considerando tudo isso, escrevemos este guia completo para aprimorar seu conhecimento e ajudar a entender quais são os passos necessários para aumentar a receita no varejo. Continue a leitura e confira!

Faça um planejamento estratégico para gestão do varejo

O planejamento estratégico refere-se a todas as ações táticas que serão usadas para otimizar os resultados da empresa e, com isso, aumentar a lucratividade. Com base em dados concretos é possível ter uma visão mais ampla de todos os processos da organização, beneficiando toda a rotina empresarial. 

A seguir, listamos os passos indispensáveis para você fazer um planejamento eficiente para a gestão do varejo. Acompanhe!

Colete informações

O primeiro passo é coletar todas as informações da sua empresa sobre o desempenho dela no período anterior. Isto é, nesse momento, é preciso identificar como foram as vendas, quanto ela lucrou, como foi a performance de cada vendedor, quem foram seus fornecedores etc. 

Também é interessante verificar quantos clientes foram conquistados naquele período, qual foi o ticket médio de cada um e qual foi a experiência deles com a sua marca. Feito isso, você deve analisar quem são seus concorrentes, como está o mercado e a economia do país para que você possa se preparar para desviar dos obstáculos que podem surgir.

Com as estratégias adequadas, você saberá como agir independentemente do tamanho do problema. Essa é uma forma eficiente de se destacar no seu segmento e chamar a atenção do seu público.

Faça uma previsão de demanda

Coletadas as informações sobre o desempenho anterior da sua empresa, é hora de fazer uma previsão de demanda para se preparar para atender seus clientes e não deixá-los sem resposta. 

A incerteza do futuro faz com que até mesmo os gestores do mais alto escalão fiquem preocupados com o desenvolvimento do negócio, mas se preparar tanto para bons cenários quanto para ruins é fundamental para assegurar que nada sairá do controle.

Essa previsão trata-se apenas de uma perspectiva de como o mercado pode mudar ao longo do tempo. Isso não significa que sua previsão realmente acontecerá, no entanto, é preciso se preparar para enfrentar qualquer situação sem prejudicar o crescimento do seu negócio.

Defina suas ações de vendas

Com base nos dados que citamos, você precisa definir qual é o volume ideal de vendas para cada produto ou serviço que você oferece. Essa é uma maneira interessante de controlar seus resultados e também identificar gargalos que comprometem o aumento das vendas.

O relacionamento com o cliente é essencial para garantir a satisfação dele com a sua marca. Quanto mais ele se sentir confiante em seus vendedores e na sua empresa, maiores são as chances de o cliente voltar a comprar e, ainda, indicar seus produtos ou serviços para terceiros ― estamos falando de amigos, família, colegas de trabalho etc.

Monitore seus resultados

Não é porque você já colocou em prática todas as estratégias que considera eficientes que agora é possível ficar de braços cruzados, esperando as vendas chegarem. Muito pelo contrário! O monitoramento dos seus resultados é indispensável para assegurar um ótimo planejamento estratégico da gestão no varejo. 

É nesse momento que serão observadas quais estratégias dão bons resultados e quais não. Nos casos negativos, você deverá identificar o porquê desses resultados e o que precisa ser feito para contornar essa situação.

Por exemplo, se você fizer uma campanha de divulgação nas redes sociais e não tiver um bom retorno de investimento, você precisa analisar todo o seu anúncio para identificar onde está o problema. Será que você não anunciou para o público errado? O público escolhido realmente tem um potencial de compra? Se necessário, reveja todas as suas estratégias e as modifique conforme as necessidades do seu negócio.

Defina metas e métricas para o aumentar a receita no varejo

Chegamos a um ponto muito importante para aumentar a receita no varejo: a definição de metas e métricas. Vamos começar pelas metas. Com base nos dados levantados, você conseguirá definir onde a sua empresa consegue chegar com os recursos que tem disponíveis. 

As metas são importantes para impedir que você “ande em círculos” e continue a cometer os mesmos erros do passado. A cada etapa vencida, é possível gratificar sua equipe de alguma forma, seja com recompensas financeiras, seja com pequenos happy hours no fim do expediente.

A definição de metas é muito importante, mas ela precisa ser monitorada constantemente por meio das métricas. As métricas são essenciais para você compreender o desempenho da sua empresa. Entre as principais delas podemos citar:

  • Ticket médio: permite identificar quanto, em média, cada cliente gasta em sua loja;
  • Conversão de compras: indica a eficiência do seu time de vendas em converter meros visitantes em clientes reais;
  • Satisfação do cliente: avalia a qualidade do atendimento prestado;
  • CAC (Custo de Aquisição de Clientes): mostra quanto a empresa gasta para fazer uma conversão.

Monte o time dos sonhos: treine e motive a sua equipe

Contar com profissionais preparados para encarar as mais diversas situações que podem aparecer é fundamental para ganhar a confiança de seus clientes. Coloque-se no lugar do seu consumidor e imagine chegar em um estabelecimento em busca de um produto e receber um tratamento insatisfatório? O que você faria ao perceber que o vendedor não entende nada do produto que vende? Como você se sentiria se fosse mal atendido?

Às vezes, por nos preocuparmos muito com outros departamentos, como a gestão financeira, deixamos de lado assuntos que consideramos menos importantes, mas na verdade não são. 

Por essa razão, é importante oferecer treinamentos aos seus colaboradores para que eles tenham mais autonomia na tomada de decisão e, ao mesmo tempo, passem segurança ao cliente por meio de um bom atendimento. Essa também é uma forma de motivá-los, pois eles perceberão que a empresa está preocupada com a sua capacitação profissional. 

Tenha uma gestão de estoque de primeira

A gestão de estoque tem como um de seus principais objetivos facilitar as operações diárias da organização. Quando ela não é feita da maneira adequada, a sua eficiência deixará de existir e, com isso, a empresa sofrerá prejuízos que podem refletir até no seu relacionamento com o cliente final. Veja o que é preciso fazer para ter uma gestão de estoque de primeira!

Escolha bem os seus fornecedores

Os fornecedores precisam ser vistos como parceiros de negócios. Por essa razão, é de suma importância manter um bom relacionamento com eles, principalmente ao que se refere ao pagamento em dia das mercadorias. Essa é uma maneira de ganhar a confiança do seu fornecedor e, ainda, possibilitar a negociação de melhores condições de pagamentos.

Por exemplo, descontos são sempre muito bem-vindos, sendo assim, verifique a possibilidade de ganhá-los mesmo em compras parceladas. No caso do pagamento à vista, essa alternativa pode ser melhor trabalhada. Dessa maneira, você consegue oferecer melhores preços que seus concorrentes e, assim, aumentar o seu giro de estoque.

Classifique os materiais

Ao classificar seus materiais, você separará os itens do seu estoque em grupos. Principalmente em empresas maiores, essa organização é essencial para agilizar a localização das mercadorias e, ainda, possibilita que os colaboradores identifiquem com precisão quando uma nova compra deve ser realizada.

Produtos que ficam estagnados no estoque também podem ser identificados com mais facilidade. Dessa forma, é possível criar ações para melhorar o giro de determinadas mercadorias.

Faça um inventário

inventário é uma peça indispensável para fazer um planejamento estratégico para aumentar a receita no varejo. Nesse momento, é preciso realizar a contagem de todos os produtos em estoque, realizar um cadastro e categorizá-los de maneira adequada. Com esses dados em mãos, você consegue melhorar a gestão do seu estoque, evitando comprar além do necessário.

Crie uma estratégia de vendas

Para que as estratégias de vendas funcionem adequadamente, é imprescindível conhecer o seu público. Saber quais são seus medos, suas dores, suas preferências e seus objetivos é fundamental para traçar estratégias eficazes que garantirão a atração do seu público-alvo.

No momento da atração, você precisa oferecer algo que convença o seu potencial cliente de que ele precisa de ajuda. Quando ele já está na fase de conversão, apresentar os seus produtos ou serviços como uma solução para o problema dele é fundamental para incentivá-lo a realizar a compra.

Já a fidelização dependerá da experiência que o seu cliente teve com a sua marca, tanto na hora do atendimento quanto após a experimentação do serviço ou produto. É por isso que o foco na qualidade em todos os processos da empresa é tão importante.

Hoje, principalmente com o avanço do marketing digital, existem várias estratégias que podem ser colocadas em prática. As redes sociais, por exemplo, são excelentes aliadas na atração, conversão e fidelização de clientes, basta colocar em prática as táticas certas para melhorar o relacionamento com o seu público.

Precifique corretamente: isso faz diferença para o aumento dos lucros

Muitos gestores falham na hora de precificar os seus produtos e serviços e acabam pagando caro por isso. Isso porque eles não consideram todos os custos que envolvem a produção e deixam de incluir outros fatores que influenciam muito no preço final.

Além dos custos, também é preciso observar o preço praticado pela concorrência, a fim de entender quanto o seu mercado está disposto a pagar. Não se esqueça também de agregar valor ao seu produto, ou seja, exclusividade do produto, qualidade reconhecida, entre outros valores intangíveis.

Diversifique as formas de pagamento

Os cuidados com as formas de pagamento aceitas em sua empresa merecem atenção, afinal, você não pode correr o risco de ser passado para trás, até porque o seu negócio também tem compromissos a cumprir.

No entanto, oferecer poucas formas de pagamento faz com que você perca em vendas. Por exemplo, ter uma máquina de cartão de crédito é fundamental para otimizar as negociações. Além disso, criar um planejamento eficiente para disponibilizar a opção de crediário próprio também ajudará a aumentar suas vendas.

Invista em soluções automatizadas de gestão integrada do varejo

Fazer uso das soluções automáticas de gestão integrada é uma das melhores formas para aumentar a receita no varejo. Ela se faz fundamental porque possibilita que todos os processos sejam otimizados, alinhando o trabalho de todos os departamentos.

Além disso, essas soluções oferecem dados concretos que possibilitam tomadas de decisões estratégicas na empresa. Dessa maneira, o gestor consegue ter mais segurança e tranquilidade ao estipular ordem, pois estará baseada em dados reais e não apenas em suposições. 

Faça a gestão financeira com sabedoria e vença

A gestão financeira é responsável por nortear a empresa pelo caminho que ela deve seguir. Nesse sentido, essa administração precisa ser eficiente para garantir que todos os compromissos serão pagos dentro do prazo estabelecido e, ao mesmo tempo, que os investimentos realizados serão vantajosos para a organização.

Controlar o fluxo de caixa, monitorar constantemente as receitas e despesas da empresa, não misturar os gastos da empresa com os pessoais e muitas outras práticas poderão ser trabalhadas para melhorar a gestão financeira e, consequentemente, garantir o sucesso do seu negócio.

Percebeu como aumentar a receita no varejo é algo simples, desde que todos esses passos que citamos neste guia sejam cumpridos? Pois bem, estar atento à sua gestão financeira e contar com o auxílio da tecnologia para otimizar o trabalho é fundamental para fazer com que suas estratégias deem certo. Invista na infraestrutura do seu negócio e fortaleça o relacionamento com a sua equipe para garantir o seu sucesso. 

A gestão eficiente do varejo depende não apenas de informações precisas, mas também da adequação dos processos da empresa. Pensando nisso, a INFOX oferece uma metodologia exclusiva para gestão do varejo, acesse o nosso site para entender mais sobre ela!

Share: