Gerenciar um negócio é uma ação repleta de desafios para os empreendedores: aproximar e fidelizar consumidores são alguns dos que merecem destaque, justamente por estimularem o aumento da visibilidade da marca.

Muitos administradores procuram alternativas para a determinação de estratégias que simplifiquem essas ações. Afinal, além de amplificar as vendas, é preciso se aproximar dos consumidores.

Uma opção viável para o varejista é a oferta do cartão próprio da loja, também conhecido como private label. Com ele, será possível criar um programa de fidelidade e outras inúmeras vantagens — e é sobre isso que vamos falar neste texto. Confira!

O que é e como funciona o cartão private label

Em definições mais simples, o private label é um cartão de crédito com a marca do seu negócio, que é mediado por uma instituição financeira. O objetivo principal é facilitar as compras da sua audiência.

A sua utilização pode ser tanto de uso exclusivo em sua loja quanto em outros estabelecimentos credenciados. Com isso, ambos os usos trarão muito benefícios para sua empresa, como entender ainda mais o comportamento de compra e os hábitos dos consumidores.

Sendo assim, ofertar um atendimento customizado aos consumidores no momento da compra vem se tornando uma solução interessante para as empresas, pois contribui com a execução das estratégias comerciais e gera um acréscimo na visibilidade da marca em seu mercado atuante.

Quais são suas principais características

É um grande engano pensar que os cartões próprio da loja têm foco apenas em grandes varejos. Hoje em dia, eles podem estar presentes em uma infinidade de segmentos, bastando atender alguns critérios que garantam o sucesso da empreitada, por exemplo: recorrência de compra, número de clientes ativos, tíquete médio que viabilize compras futuras e parcelamento, entre outros.

Portanto, confira as principais características do private label.

A entrada de mais consumidores ao mercado

A facilidade de adquirir esse tipo de cartão faz com que muitos consumidores com dificuldade para comprovação de renda ou desbancarizados possam ter acesso a este meio de pagamento.

Normalmente, é exigida uma grande burocracia para conseguir outros cartões, diferentemente da flexibilidade na oferta do private label pelos varejistas, uma vez que, no caso da gestão interna do cartão, as regras são definidas pela própria loja.

O conhecimento do perfil de quem compra

Um dos resultados mais relevantes da adoção do private label é a maneira que tem contribuído para o setor de marketing da sua empresa. Uma das vantagens de conhecer seu consumidor é poder planejar ações de relacionamento e fidelização, pautadas nos hábitos de compra, como: maior período de utilização do cartão, formas preferenciais de pagamento, tíquete médio das compras, etc.

Esses dados facilitam na comunicação com os consumidores, principalmente com os fidelizados.

  • Facebook
  • Twitter
  • Google+
  • LinkedIn
Aproveite para baixar nosso e-book gratuito sobre o assunto: clique aqui!

Quais são as vantagens de ter cartão próprio

Uma vez entendido quais são suas principais características, é chegado o momento de falarmos como vantajoso pode ser disponibilizar o private label para a sua audiência. Não deixe de conferir!

Fidelização dos consumidores

A fidelização é um dos fatores que mais ganha destaque, pois aumenta as chances de os consumidores voltarem mais vezes a sua loja; afinal, o pagamento é facilitado.

Além disso, você pode planejar várias ações de promoção do cartão e das facilidades por meio dele, fazendo com que seu cliente se sinta atraído a utilizá-lo.

Aumento da visibilidade da marca

Depois da adoção do cartão próprio da loja, ficará evidente que sua marca ganhará mais visibilidade no mercado e o porquê é simples: sua empresa terá mais dados dos consumidores, e isso fará com que suas ações se tornem mais efetivas.

Além disso, fará com que abranja uma variedade maior do seu público-alvo, além de dar poder de compra às pessoas com baixa renda ou que não possuem vínculos bancários.

O private label é uma estratégia que deve ser considerada em seu planejamento, visto que trará inúmeras vantagens, conforme citado ao longo deste texto. Mas é preciso estruturá-la — assim como outras ações de impacto — já que fará com que sua marca fique em evidência. O aumento da visibilidade da marca pode trazer uma série de benefícios, basta se preparar para realizar um atendimento de qualidade.

Gostou do nosso artigo e quer ficar atualizado? Aproveite para conferir outros materiais relacionados, baixando nossos e-book gratuitos:


Share: