Imagina poder aumentar a eficiência do controle de pessoal com rapidez e praticidade e, ainda assim, aumentar a segurança.

Hoje, esta facilidade já é uma realidade. O reconhecimento biométrico se tornou um investimento confiável que vem se popularizando em toda as áreas. Hoje vamos te explicar o que é e como funciona essa tecnologia.

O que é e como funciona o reconhecimento biométrico

A palavra biometria surgiu da junção de métrica e biologia. Ela serve para identificar qualquer processo que usa as medidas e características biológicas de um ser humano para identificá-lo automaticamente.

O processo é bastante simples. Uma pessoa registra em um banco de dados alguma das partes únicas e distinguíveis que temos no corpo (principalmente impressão digital, íris, rosto e voz).

A partir daí, sempre que ela usar o leitor ou câmera, um software de segurança confrontará aquela característica com suas informações armazenadas para decidir se libera a passagem ou acesso.

Para que a biometria seja confiável, é preciso usar as características mais distinguíveis do ser humano, aquelas que são únicas em cada pessoa.

Entre as mais utilizadas no controle de acesso, está a de reconhecimento digital. É o tipo de biometria mais comum no mundo, usando a impressão digital para confirmar a identidade de uma pessoa.

Quais são as vantagens do reconhecimento biométrico

A adoção desse tipo de identificação é um investimento de curto prazo que dá resultados imediatos em relação à eficiência do controle de pessoal. Conheça suas principais vantagens:

Rapidez

Mesmo trabalhando com variáveis complexas, o processamento de credenciais válidas dura apenas alguns segundos, diminuindo as filas em picos de fluxo.

Versatilidade

O reconhecimento biométrico pode ser usado para o gerenciamento de pessoas na portaria, desde o cadastramento de prestadores de serviço e visitantes como no controle de entrada e saída de moradores.

Precisão

Atualmente as soluções de mercado mostraram-se bastante eficientes no que diz respeito à precisão do reconhecimento biométrico, principalmente quando a junção dos leitores e softwares formam sistemas confiáveis e seguros.

Pode-se dizer que é quase impossível burlar a biometria e os equipamentos mais novos vêm tornando essa possibilidade cada vez mais remota.

Isso porque os leitores mais modernos conseguem identificar possíveis tipos de falsas digitais, como dedo de silicone, borracha, gelatina, entre outros, devido à sua alta capacidade tecnológica.

Eficiência em segurança

Sim, a biometria é segura, ao contrário do que muitas pessoas pouco informadas tentam argumentar. Não é a toa que o processo é usado em empresas e governos do mundo inteiro.

Além de preciso, o sistema é automatizado. Dessa forma, ele está isento de problemas relacionados ao fator humano, como uma falha de credenciamento, um descuido de checagem ou até o roubo de cartões de acesso.

O reconhecimento biométrico é uma ciência exata, é o cálculo e comparação de traços humanos que nos tornam únicos. Por isso, investir na tecnologia é uma forma incrível de aumentar a eficiência no controle de pessoal e a segurança como um todo.

E aí, gostou do artigo? Então venha nos seguir no Facebook para receber muitas outras informações sobre o gerenciamento e a segurança em condomínios!

 


Salvar

Share: