Uma boa gestão de suas finanças começa com um fluxo de caixa bem implementado e eficaz. Porém, é preciso ficar atento a alguns erros que podem prejudicar esta ferramenta e comprometer a sua organização financeira.

Portanto, neste artigo você vai conhecer os 5 principais erros de fluxo de caixa em PMEs e também entender como evitá-los. Continue lendo!

Não compreender o fluxo de caixa

Um grande erro na utilização do fluxo de caixa é, justamente, não entender como ele funciona. Para que seja uma verdadeira ferramenta de gestão é preciso, antes de mais nada, compreendê-lo. Para sua elaboração, além dos valores em dinheiro, também devem ser considerados os valores disponíveis em conta corrente e nas aplicações financeiras de curto prazo.

E ainda devem ser relacionados os valores de entradas — em sua maioria, provenientes de vendas — e os de saídas — que possuem relação com pagamentos de contas de rotina da empresa, como salários dos funcionários, fornecedores, empréstimos, entre outras.

Não atualizar diariamente o fluxo de caixa

Outro erro comum é o esquecimento do registro diário das atividades relacionadas ao fluxo de caixa. Este erro pode gerar diversos problemas, uma vez que, se estiver desatualizado, pode gerar uma falsa impressão de que existem recursos que, na verdade, já estão comprometidos. Além disso, o pagamento de alguns títulos pode ser esquecido caso a movimentação de entradas e saídas não seja acompanhada diariamente.

Para evitar isso, procure inserir na sua empresa a cultura da atualização diária. Ela deverá fazer parte da rotina de seus colaboradores, e a inserção e conferência de todos os lançamentos deve ser detalhadamente apontada e minuciosamente conferida.

Lançar valores que ainda não estão disponíveis

Lançar as vendas a prazo como receitas ou, ainda, cheques pré-datados como recebidos em sua movimentação também irá prejudicar as suas finanças, já que estes não são recursos ainda disponíveis para sua empresa.

Para evitar este erro, primeiramente é necessário ter atenção nas vendas a prazo, que somente devem ser reconhecidas no fluxo do caixa quando seus clientes fizerem o pagamento do título. Já os cheques pré-datados podem ser organizados em um controle à parte, e deverão ser inseridos na sua movimentação financeira somente quando forem descontados e estiverem em sua conta bancária.

Não considerar toda a movimentação

Alguns valores podem, de forma isolada, não representar um grande impacto em seu resultado, como é o caso com pequenos gastos com lanches e refeições, compra de materiais de expediente ou de limpeza, mas, no final do mês, eles podem fazer uma grande diferença no seu fluxo de caixa, e não reconhecê-los é um grande perigo para sua gestão.

Por isso, esteja sempre atento ao registro de todas as atividades envolvendo o seu caixa e equivalentes, mesmo aquelas de menores valores. Procure, também, utilizar documentos contábeis válidos, como notas ou cupons fiscais ou outros que comprovem, de forma legal e detalhada, o evento que está registrado.

Não utilizar as funções gerenciais do fluxo de caixa

Quando bem elaborado, além de organizar as finanças de uma empresa, o fluxo de caixa pode desempenhar um papel bastante relevante dentro da gestão. Desprezar essa função pode ser um erro crucial para as finanças do negócio.

Nesse sentido, criar diferentes categorias para os custos e receitas, e analisar como estes impactam nos seus resultados é uma das grandes possibilidades do fluxo de caixa. Você poderá, por exemplo, entender quais são os seus maiores gastos e também quem são os seus maiores clientes, e com isso, criar diferentes estratégias para incrementar os seus resultados.

Enfim, neste artigo você viu alguns erros cruciais para o bom uso do seu fluxo de caixa, e as soluções para esses problemas. Basicamente, eles começam com o não entendimento da ferramenta, falta de atualização, lançamentos de valores que ainda não estão disponíveis, e também com o registro incompleto das transações.

Por fim, vimos que desprezar o uso gerencial do seu fluxo de caixa também pode impactar negativamente na sua gestão. E então, restou alguma dúvida? O que você tem feito para evitar erros na sua gestão financeira?

Gostaria de ajuda especializada para a gestão do seu negócio? Converse com um de nossos consultores! Clique aqui e fale conosco.

:: SOBRE A INFOX ::

Nossa solução “Varejo Avançado” contempla desde o diagnóstico da operação do cliente até a implantação dos melhores processos de gestão, visando redução de custos, aumento de receitas e lucratividade. Assista ao vídeo e saiba mais!

[contact-form-7 404 "Not Found"]
Share: