No Brasil, temos um dos sistemas tributários mais complexos do mundo. Mas não se preocupe, sabendo identificar qual o regime mais adequado para seu varejo, você obtém maior rentabilidade e ainda garante o cumprimento de regras e implicações dos órgãos responsáveis.

Outra boa notícia: sabia que é possível pagar menos impostos sem transgredir lei nenhuma? Confira algumas dicas de como fazer o planejamento tributário de sua empresa e evite complicações.

Conheça o faturamento

Como o imposto se trata de uma obrigação a ser paga em dinheiro para o governo, a maioria dos impostos existentes incidem diretamente sobre o faturamento da empresa. No entanto, a Lei instituiu percentuais diferentes de acordo com o faturamento anual.

Por exemplo, aquela padaria que tem próximo de sua casa, com certeza tem um percentual menor de imposto do que aquela grande empresa na avenida principal da cidade. Diante disso, o primeiro passo para o planejamento tributário bem-sucedido é conhecer o faturamento da instituição e avaliar dentre os regimes tributários existentes, qual é o mais adequado para seu negócio.

Ainda não sabe quais são os regimes existentes? Clique Aqui e baixe um e-book grátis sobre o assunto!

Fique de olho nos custos

Existem alguns negócios que trabalham com margens de lucros baixíssimas, por conta da concorrência acirrada no mercado. Esse tipo de empresa não estabelece uma alta margem de retorno sobre o custo e, muitas vezes, o que mantém essas instituição obtendo lucro é o alto volume de vendas.

Empresas como essas precisam tomar cuidado, pois como o faturamento é alto, se o regime tributário for escolhido de forma equivocada, a instituição pode arcar com prejuízos sem necessidade. No Brasil, temos um regime tributário chamado Lucro Real, em que é possível abater os custos incorridos do período do cálculo do imposto.

Conheça seu ramo de atividade

Ao instituir impostos, o governo sempre separa as cargas mais pesadas para os setores mais ricos da economia. Dessa maneira, se você ainda está pensando em abrir um negócio ou cogitando dar uma guinada na sua empresa, conheça bem o ramo de atividade que pretende empreender. Pois podem ocorrer casos em que as margens de lucros são altas, mas os impostos incidentes sobre o segmento escolhido também podem ser altos, tornando o negócio desinteressante.

Não faça tudo sozinho

Como comentamos anteriormente, o sistema tributário do nosso País é um dos mais complexos e, por isso, tentar ler todas as leis existentes sobre impostos para decidir qual o melhor caminho a seguir, com certeza não é uma atitude muito inteligente. Isso devido à grande quantidade de informação que será necessário absorver em um curto espaço de tempo. Quando dizemos grande quantidade de informação é grande mesmo: estamos falando de milhares de páginas que demandaram leitura!

Atualmente, existem empresas especializadas nesse tipo de solução tributária. Elas poderão lhe assessorar com as alterações mais recentes na legislação tributária, qual o melhor regime escolher, quais são os impostos incidentes em seu ramo de atividades e outras informações que ajudarão seu negócio a se manter próspero com o planejamento tributário adequado.

Ficou curioso para saber mais? A INFOX pode ajudá-lo nisso! Ligue agora mesmo e fale com um de nossos consultores: (15) 2101-7486.

Share: