fbpx

3 dicas de segurança do condomínio durante festas e eventos

4 minutos para ler

Sempre que houver algum tipo de evento, festa ou confraternização, é fundamental levar em consideração a segurança do condomínio para garantir a integridade dos moradores e também para respeitar o fluxo de pessoas dentro daquele espaço.

O fato de que, em alguns períodos, há um maior número de ocorrências de festas (o final de ano, por exemplo), pode atrair os olhares de pessoas mal-intencionadas, exigindo que a gestão cumpra alguns critérios para que tudo ocorra bem, tanto para os moradores quanto para os seus convidados.

Neste conteúdo, elaboramos algumas dicas de segurança que devem ser adotadas por toda a sua equipe. Continue a leitura e saiba mais!

1. Adote critérios rigorosos para autorização de entrada

A primeira dica está relacionada com a autorização de entrada. Esse é o ponto crucial para garantir a segurança do condomínio, independentemente do contexto. É preciso ter regras bem estabelecidas e deixar todos os colaboradores cientes de quais são elas, sem abrir exceção para qualquer que seja a pessoa que vá até o condomínio.

Existe a possibilidade, por exemplo, de utilizar a tecnologia como aliada, adotando sistemas que facilitam o controle de visitantes. Outra solução a ser destacada é o treinamento de profissionais, apresentando quais são as medidas a serem tomadas e o que fazer em caso de situações atípicas. Pedir o documento para os visitantes e registrá-lo deve ser a atitude básica a se tomar antes da liberação.

2. Limite o número de pessoas nas áreas comuns

Conforme abordado, há períodos com um maior fluxo de visitantes, justamente por serem meses em que há maior ocorrência de festas. Assim, nas áreas comuns do condomínio (salão de festas, área de lazer etc.), o ideal é que haja um limite de pessoas frequentando esses espaços.

Aproveite as assembleias e as reuniões mensais e já coloque esse assunto em pauta, com o objetivo de verificar a opinião dos moradores e encontrar outras soluções que se encaixem nesse apontamento. Dessa forma, os condôminos se sentirão respeitados pela gestão, sem haver atritos quando as regras forem implementadas.

3. Peça aos condôminos que informem as suas viagens

Da mesma forma que há períodos com maior incidência de festas, também há aqueles meses em que os condôminos viajam com muito mais frequência. Esse fato também pode atrair olhares de pessoas mal-intencionadas, exigindo que a gestão tenha cuidados específicos.

Por essa razão, peça a eles que avisem sempre que forem se ausentar, apresentando, ainda, a data de retorno. Dessa forma, é possível identificar qualquer tipo de movimentação estranha, além de limitar o acesso de visitantes às residências vazias durante esses dias (a menos que os moradores apresentem nome e documentação de todas as pessoas que ficarão em sua casa).

Neste conteúdo, você pôde entender algumas dicas simples de segurança do condomínio, especialmente em períodos específicos — de confraternização de final de ano, por exemplo. É indicado, ainda, contar com empresas que contribuirão para oferecer mais agilidade ao fluxo de portaria por meio de um sistema de fácil usabilidade, o que melhora a capacidade de controle de acesso.

Por meio de ferramentas específicas, a gestão tem a oportunidade de criar listas de participantes antecipadamente, o que agiliza a entrada de convidados e garante a integridade de moradores.

O que achou do conteúdo apresentado sobre segurança do condomínio? Compartilhe esse conhecimento em suas redes sociais para que seus amigos também fiquem por dentro de soluções como essas!

Você também pode gostar

Deixe um comentário