fbpx

DEDETIZAÇÃO E DESRATIZAÇÃO: FAÇA O CONTROLE DE PRAGAS EM CONDOMÍNIO

dedetização condomínio
7 minutos para ler

Pragas urbanas, como ratos e todo tipo de animais peçonhentos, são encontradas em condomínios. Para exterminar esses seres indesejados, é preciso tomar medidas cabíveis, e, entre elas, estão a dedetização e desratização. Essa técnica eficaz em condomínios necessita de métodos específicos de acordo com a estrutura da área que se quer limpar.

Cada praga requer um combate diferente e apenas um profissional apto pode diferenciar as utilizações, garantindo controle e segurança. Manter o condomínio limpo e seguro é dever de todos que moram no local. Essa atitude vai garantir o bom funcionamento de tudo e até mesmo vai manter o conforto de todos os condôminos.

Então, você quer saber como pode fazer o controle de pragas no seu condomínio? Continue a leitura deste artigo!

Veja como fazer o controle das pragas em seu condomínio

Neste artigo, vamos direcionar você quanto às melhores formas de realizar a dedetização e desratização do seu condomínio. Para realizar esses procedimentos de maneira correta e precisa, siga as orientações abaixo!

Verifique se a empresa está dentro da lei

O primeiro passo nessa investida é contratar uma empresa legalizada. Uma controladora de pragas em estado regular oferece mais garantia quanto à qualidade dos serviços e à utilização de produtos registrados pelo Ministério da Saúde. Outro ponto a ser analisado na hora de contratar a terceirizada que vai realizar a dedetização e desratização é que a empresa prestadora do serviço deverá ser certificada pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (ANVISA).

Problemas de contaminação em apartamentos devem ser tratados de forma profissional e a realização dos procedimentos deve ocorrer o mais breve possível. Isso é de extrema importância para que todos fiquem bem. Fique atento, pois a assistência precisa ser dada até que a garantia do contrato vença.

Analise a época ideal

Fazer uma análise da época na qual será feita a dedetização é um fator primordial para o sucesso do procedimento. O período mais apropriado para tal é entre outubro e novembro, pois, durante esses meses, entre a primavera e o início do verão, acontecem os acasalamentos e a formação de novas colônias de ratos e outros bichos indesejados. Por isso, se a aplicação for feita nesse estágio, as pragas não vão se proliferar e o controle será muito mais fácil de ser realizado.

Conscientize os moradores

É extremamente importante que todos os moradores sejam comunicados da ação em combate às pragas. Esse aviso deve ser feito com, pelo menos, 48 horas de antecedência, para que as pessoas possam aguardar, sem circular em áreas que acabaram de ser pulverizadas.

Vale dizer que o inseticida, ainda que seja um produto regulamentado pelos órgãos de vigilância e dedetização, é tóxico e pode trazer problemas graves à saúde se for aplicado de qualquer forma. Os cuidados maiores a serem tomados são com as crianças e com os animais de estimação.

No entanto, em contrapartida, se a dedetização for empregada de forma correta, por profissionais especializados e capacitados, ela não vai ser prejudicial à saúde dos envolvidos, pois todos os cuidados necessários para a segurança das pessoas, de gatos, de cachorros, de pássaros e de outros animais devem ter sido tomados com antecedência.

Estabeleça medidas preventivas

A dedetização e desratização têm efeito residual. Isso significa que, apesar de prolongado, dura determinado tempo. Sendo assim, independentemente do trabalho da empresa contratada, a atuação individual dos síndicos e moradores é essencial para que o local se mantenha limpo e sem pragas.

A administração do espaço é necessária. Assim, entre alguns hábitos que podem fazer toda diferença, estão:

  • efetuar a limpeza constante do ambiente;
  • enviar o lixo para o destino correto (principalmente o orgânico), mantendo a lixeira ou o depósito sempre bem fechados;
  • descartar objetos inutilizados e evitar que entulhos sejam dispensados em locais comuns;
  • fazer o possível para que os espaços estejam sempre bem arejados, combatendo o excesso de umidade.

Se todos os condôminos agirem corretamente, esses animais indesejados não vão aparecer com muita frequência.

Dê atenção especial para as áreas mais propícias à infestação

Quando o assunto é a permanência de pragas, não é preciso dizer que algumas áreas merecem mais foco do que outras. Apesar de o cuidado ser geral, as caixas de esgoto do condomínio precisam de toda atenção possível. O setor de manutenção deve redobrar o cuidado verificando se as caixas e passagens estão bem vedadas, em boas condições e com tampas adequadas.

Além disso, como mencionamos no tópico anterior, as lixeiras devem ser bem fechadas e lavadas, se possível, diariamente. Caso não possa lavar todo dia e esteja pensando em uma melhor forma economizar água, faça isso pelo menos no dia em que houver a coleta de lixo.

Entenda qual é a importância da dedetização

Fazer a dedetização e desratização é muito importante. As pragas transmitem uma série de doenças, tanto para as pessoas quanto para os animais de estimação. Diante da quantidade e da gravidade dos problemas que esses bichos e insetos podem causar, combatê-los é, sem sombra de dúvidas, a melhor maneira de cuidar da sua saúde.

Compreenda com que frequência essa dedetização deve ser feita

A dedetização deve ser feita de tempos em tempos para evitar que as pragas procriem e reapareçam. O prazo que cada empresa especializada nesses trabalhos solicita varia de acordo com as suas políticas internas, mas a maioria delas opta por realizar o procedimento de três em três meses.

Essa perspectiva não é uma regra, pois, se houver a proliferação de pragas, a nova aplicação de inseticidas vai ter que ser feita o mais rápido possível, para que não haja a multiplicação desses insetos.

Saiba como escolher uma boa empresa de dedetização

Pessoas leigas não devem se aventurar na dedetização e desratização de ambientes, pois os produtos a serem utilizados são perigosos e esse é um dos motivos para se contratar profissionais especializados que realizem esses serviços. Assim como todos os outros serviços contratados, antes da contratação da empresa que vai cuidar da dedetização do condomínio, alguns pontos devem ser analisados. Veja, abaixo, quais são eles:

  • verifique a idoneidade da prestadora de serviços;
  • analise os equipamentos e os produtos que ela costuma utilizar;
  • confirme o tempo de experiência;
  • observe as formas de pagamento;
  • avalie os custos para a aplicação;
  • confira a disponibilidade para trabalhos urgentes.

No momento de escolher a empresa para a realização dos procedimentos em questão, você pode ligar para os clientes dela para saber o que eles pensam a respeito dos serviços oferecidos. Assim, vai ser possível saber qual é o grau de satisfação deles e você vai ter uma noção mais aprofundada da qualidade dos trabalhos realizados por ela. Antes de efetivar a contratação, agende uma reunião e tire todas as suas dúvidas referentes à prestação de serviços.

Enfim, a dedetização e desratização são procedimentos indispensáveis em todos os condomínios. A presença de pragas só tende a desvalorizar o empreendimento e trazer dores de cabeça para a administração. Sendo assim, avalie com calma as opções de empresas que oferecem o serviço e escolha a que mais se adequar à necessidade do seu condomínio.

Gostou do nosso artigo sobre a dedetização e desratização? Compartilhe nosso conteúdo nas redes sociais para que seus amigos também fiquem por dentro do assunto!

Você também pode gostar

Deixe um comentário