5 DICAS PARA MANTER AS CONTAS DA EMPRESA EM DIA

5 dicas para manter as contas da empresa em dia
6 minutos para ler
Atualizado em: 26/03/2020

Gerir um comércio é algo que exige, sobretudo, uma atenção redobrada dos proprietários ou colaboradores designados para essa função. Mesmo com todo o cuidado e com a experiência em cuidar de um negócio, erros básicos, como não cumprir com alguns compromissos, podem ocorrer, e isso pode vir a acontecer por diversos motivos.

Para que o seu negócio fique livre desse tipo de situação, separamos algumas dicas simples que podem ajudar bastante a manter as contas em dia. Acompanhe!

Como manter as contas em dia?

1. Organize-se

Um dos motivos para a inadimplência nas empresas é a falta de organização com as contas a pagar e a receber. Para que esquecimentos com relação às datas de vencimento sejam evitados, algumas medidas simples podem ser tomadas:

  • combinar com fornecedores o vencimento de boletos sempre em uma data específica;
  • organizar informações, relatórios e outros suportes com a pessoa ou equipe responsável;
  • trabalhar com sistemas de alerta para os vencimentos.

2. Priorize pagamentos com desconto

Uma alternativa eficaz para manter as contas da empresa em dia é economizar ao máximo. Dessa forma, não protele pagamentos com o intuito de manter o fluxo de caixa.

Normalmente, os fornecedores concedem descontos aos clientes que antecipam pagamentos ou parcelas, o que é uma ótima forma de fazer com que sobre um dinheiro no caixa para outras aplicações, e o seu negócio continue no azul.

3. Evite o endividamento

É muito comum que os empresários queiram expandir seus negócios e, por causa disso, acabem dando um passo maior do que suas próprias pernas. Procure estudar bem suas demandas de produtos, de espaço e de pessoal envolvido.

Do contrário, você pode acabar se endividando sem expectativas de retorno em investimento, fazendo com que uma tentativa mais ousada de dar um passo à frente acabe se tornando um problema sério.

4. Negocie quando for necessário

Caso tenha ocorrido uma situação em que tenha sido inevitável atrasar um pagamento, não permita que os juros corram soltos. Procure o fornecedor para que as condições de quitação melhorem, de maneira que você consiga manter seus compromissos em dia.

A negociação também é bem-vinda na aquisição de grandes volumes de mercadorias, o que pode fazer com que você consiga um bom desconto e tenha mais facilidades na hora de pagar.

5. Use a tecnologia para manter as contas da empresa em dia

Algo que pode facilitar bastante a gestão do seu negócio no sentido de tornar mais fácil o monitoramento de contas a pagar e a receber, o fluxo de caixa, o gerenciamento de indicadores importantes para a tomada de decisões, e também as questões logísticas é a utilização de uma solução integrada de gestão.

Anotar tudo em papéis ou alimentar planilhas diariamente é uma prática passível de erros que podem fazer com que informações importantes se percam no caminho, e isso inclui as datas de vencimento dos boletos.

Quais são os erros mais cometidos no controle das contas de uma empresa?

Não controlar o fluxo de caixa

Um dos principais erros de empresas iniciantes é não ter o controle das entradas e saídas dos produtos, ou seja, o registro das compras e vendas.

Controlar o fluxo de caixa é uma etapa fundamental para realizar o planejamento contábil e a gestão financeira. Além disso, sem esse registro, dificilmente, você conseguirá aumentar a eficiência da empresa, já que ele serve como métrica de comparação de compras e vendas dos períodos anteriores.

Sendo assim, não deixe de anotar sempre que pedir um novo estoque de produtos, realizar investimentos ou, até mesmo, pagar contas da companhia. Faça o mesmo com a entrada de capital, seja ela vinda de um consumidor, seja ela proveniente de uma empresa devedora.

Misturar finanças empresariais e pessoais

Não é incomum encontrar empresários que misturam as finanças e acabam utilizando os lucros da companhia para pagar contas pessoais, como supermercado, conta de luz ou, até mesmo, aluguel.

Por mais que essa prática pareça inofensiva num primeiro momento, com o passar do tempo, o hábito de misturar recursos pode afetar a saúde financeira da loja. O ideal é que o lucro empresarial seja usado apenas para investir e pagar contas da própria empresa.

Confira algumas dicas para não cometer esse tipo de erro no seu negócio:

  • use contas bancárias separadas;
  • altere a titularidade das contas empresariais;
  • tenha uma reserva mensal;
  • determine um salário para você.

Não conhecer as despesas profundamente

É dever do empresário conhecer todas as despesas de forma aprofundada. Isso vale tanto para as contas atuais quanto para as futuras que ele já tem o conhecimento de que terá que pagar, como salário dos colaboradores, fornecedores, conta de luz, aluguel etc.

Ao entender as despesas, fica muito mais simples preparar um planejamento financeiro para cobrir todos os custos e ainda aumentar a lucratividade. Sendo assim, não deixe de separar um tempo para estudar todas as contas relacionadas à empresa.

Contar com um dinheiro não recebido

Não conte com o dinheiro que ainda não recebeu para custear suas contas ou pagar fornecedores, porque a chance de você não receber até o fim do prazo não é pequena.

Pagamentos feitos pelo cartão de crédito, por exemplo, são liberados pelas operadoras após alguns dias. Como você não vai receber imediatamente, o mais recomendado é registrá-lo no caixa após esse período.

Evite também contar com o dinheiro de inadimplentes. Por mais que as pessoas digam que vão pagar a conta negociada até o vencimento da fatura ou carnê, muitas coisas podem acontecer e você pode demorar muito para receber.

 

INDICADORES DE DESEMPENHO ALIADOS À GESTÃO DO VAREJO
  • Facebook
  • Twitter
  • LinkedIn
  • Gmail
CLIQUE NA IMAGEM

Errar o preço de produtos ou serviços

Por mais básico que pareça, muitas empresas ainda cometem o deslize de errar preços de produtos ou serviços por tentarem colocar o valor parecido com a concorrência. O preço que a outra companhia cobra nem sempre vai ser igual ao da sua, pois os custos envolvidos podem ser diferentes.

Portanto, antes de tudo, saiba como fazer o cálculo correto do valor dos produtos que oferece no seu negócio. Além de evitar a perda de lucro, sua empresa também passará uma imagem mais profissional para os clientes.

Manter as contas em dia, na verdade, não é uma tarefa tão complexa, mas todos nós estamos sujeitos aos erros tanto administrativos quanto de procedimento no dia a dia da gestão de um comércio.

Nesse caso, nada como contar com ajudas extras, como padronizações de procedimento ou soluções informatizadas para facilitar a rotina.

Gostou das nossas dicas sobre como manter as contas em dia? Então, siga-nos nas redes sociais para não perder os nossos próximos conteúdos! Estamos no Facebook, no Instagram, no LinkedIn e no YouTube!

Você também pode gostar

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

-
Share This