ENTENDA COMO ATUA A TECNOLOGIA NO CONTROLE DE ESTOQUE E COMO ELA PODE AJUDAR

7 minutos para ler

Você está se perguntando como pode utilizar a tecnologia no estoque? Neste artigo, vamos apresentar a importância das inovações tecnológicas no controle de estoque. Saiba quais são as vantagens que você pode obter se decidir implantar soluções advindas das modernas tecnologias que estão disponíveis no mercado e descubra como elas podem ajudar no desenvolvimento do seu empreendimento.

Os empreendedores mais experientes têm ciência de que controlar o estoque com eficiência agrega valor aos negócios e torna a comunicação entre empresa, cliente e fornecedor muito mais ágil. Hoje, com o uso da tecnologia no controle de estoque, é possível aumentar a produtividade, reduzir custos e, consequentemente, eliminar as chances de erros e falhas.

A gestão efetiva de dados tem sido uma grande solução, automatizando processos que, antes, eram executados manualmente. Imagine fazer uso de soluções que realizem tarefas automaticamente propiciando a economia de tempo e deixando os seus funcionários livres para desempenhar tarefas mais importantes. Veja, a seguir, como empregar a tecnologia no controle de estoque e como ela pode ajudar. Continue a leitura deste artigo!

Compreenda o que é o giro de estoque

Para as empresas que trabalham com mercadorias, são imprescindíveis uma gestão e um controle eficientes — produtos a mais ou a menos podem comprometer o ritmo das atividades e levar a sérios problemas financeiros. As informações desencontradas causam prejuízos, tendo em vista que as mercadorias levam um tempo em trânsito quando são pedidas aos fornecedores.

Sendo assim, o giro de estoque é uma importante ferramenta estratégica que ajuda empreendedores, independentemente do ramo de atividade, a administrar seus itens e a suprir adequadamente a linha de produção. Por meio dele, o gestor conhece a quantidade de itens disponíveis e o mix de produtos, de maneira que pode se preparar com antecedência e evitar a falta de mercadorias.

De modo geral, é possível dizer que o giro de estoque é um indicador que avalia a situação dos produtos estocados do empreendimento. Por meio da informação obtida com esse cálculo, é possível verificar como e de que forma a empresa está utilizando os recursos disponíveis e quais os principais obstáculos e ameaças. Abaixo, você vai entender como funciona esse cálculo!

Aprenda como calcular o giro de estoque

O cálculo do giro de estoque é simples, no entanto, diversas variáveis precisam estar corretas para chegar ao valor que corresponda à realidade da empresa. Ele pode ser feito por pessoas comuns, sem precisar da interferência de um profissional da área contábil. Para ter sucesso na realização das suas contas, utilize a seguinte fórmula:

giro de estoque = total de vendas/volume médio de estoque

No entanto, tenha muito cuidado, pois é preciso seguir algumas regras básicas para que esse cálculo seja realizado corretamente. Por isso, é importante definir, com antecedência, alguns fatores essenciais que vão implicar diretamente os resultados obtidos. Se um desses dados estiver incorreto, você vai acessar informações errôneas. Analise com cautela cada um deles:

  • período para saber qual o giro de produtos;
  • total de mercadorias vendidas nesse período;
  • média de estoque do período estabelecido.

Vamos a um exemplo prático: se você é dono de uma loja de materiais para construção que vende 500 unidades de um determinado produto impermeabilizante por ano, sabe que a média de produtos estocados é de, aproximadamente, 50 unidades. Aplicando a fórmula, temos o seguinte cálculo:

giro de estoque = 500/50 = 10 giros anuais de impermeabilizantes

Via de regra, o resultado obtido representa a rotatividade ou o giro das mercadorias em um determinado período, ou seja, a velocidade com que o estoque foi renovado ou o tempo médio de permanência dos produtos antes da venda. Viu como não é tão difícil assim realizar uma análise e conferir o giro de estoque? Siga em frente e conheça um pouco sobre a tecnologia no estoque!

Descubra como aliar a tecnologia ao controle de estoque

As ferramentas de gestão têm sido a grande solução para as empresas manterem uma boa dinâmica de estoque e buscarem o equilíbrio na movimentação dos produtos. Não é incomum que varejistas se depararem com a falta de produtos ou o excesso de mercadorias. Isso porque uma gestão ineficaz dificulta bastante o dia a dia e pode ocasionar problemas na operação das atividades. Contar com uma solução de gestão integrada possibilita:

  • conhecer detalhadamente tudo o que entra e sai da empresa;
  • avaliar rapidamente o desempenho;
  • averiguar quais itens estão disponíveis;
  • conferir o valor pago aos fornecedores;
  • verificar o valor repassado para o consumidor final.

No entanto, é possível aplicar a tecnologia aos mais diferentes níveis de estoque de forma a conhecer melhor a demanda dos clientes e auxiliar o processo de tomada de decisão. Além disso, é fundamental conhecer os dados históricos para prever movimentações mesmo em períodos sazonais, evitando problemas de caixa e compras de mercadorias desnecessárias ou que não tenham tanta demanda.

  • Facebook
  • Twitter
  • LinkedIn
  • Gmail

Confira as vantagens do uso da tecnologia no controle de estoque

Uma solução de gestão integrada agrega eficiência ao controle de estoque e evita (ou elimina) que processos manuais levem a erros e falhas na gestão. As inovações tecnológicas trazem benefícios para todos os segmentos do mercado e para todos os setores organizacionais. Observe as principais vantagens!

Redução de custos

Todos os empresários almejam reduzir os custos dos seus negócios para alcançar competitividade. No entanto, no estoque, eles vão encontrar uma barreira relevante para alcançar esse objetivo. Ocorre que a gestão de materiais tem particularidades diferenciadas, como o vencimento, o armazenamento e o prazo de entrega dos produtos, que não são sempre iguais. Por isso, a tecnologia vai se mostrar eficiente e derrubar esses prováveis obstáculos.

Otimização das compras

Para manter o estoque em dia, os colaboradores precisam comprar produtos, materiais e insumos constantemente. Uma solução de gestão integrada vai permitir o controle efetivo da entrada dessas mercadorias e os recursos estarão disponíveis dentro do prazo. A tecnologia no controle de estoque permite a programação de reserva e planos de consumo, com quantidades e datas exatas.

Prevenção de prejuízos

As soluções tecnológicas oferecem mais do que um simples controle. Elas permitem o monitoramento do estoque por parte do gestor. Desse modo, ele consegue tomar decisões mais precisas, com embasamento em dados reais, que já foram devidamente registrados pela empresa.

É possível, ainda, fazer planejamentos estratégicos e controlar os aspectos que geram despesas expressivas. Além do mais, você vai conseguir manter o seu estoque alinhado no dia a dia, impedindo a ocorrência de prejuízos irreversíveis. As soluções atuais evitam o desperdício e o atraso no cumprimento de prazos.

Agora, você já consegue entender melhor como atua a tecnologia no controle de estoque! Esperamos que este conteúdo tenha esclarecido a importância das inovações tecnológicas para as empresas e quais são os benefícios que você pode obter. Existem muitas outras vantagens da tecnologia no estoque que vão ser tratadas em uma próxima ocasião. Continue conosco!

Deseja obter mais informações sobre o uso da tecnologia no controle de estoque ou tem dúvidas sobre temas relacionados? Assine a nossa newsletter e receba conteúdos atualizados constantemente!

Você também pode gostar

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

-
Share This