Importância do controle de estoque e dicas para a gestão do varejo

Importância do controle de estoque e dicas para a gestão do varejo
7 minutos para ler
 

Em qualquer ramo empresarial, o controle de estoque sempre traz consequências positivas. No varejo, em que o objetivo é atender ao cliente de maneira rápida e eficaz, a situação não é diferente. Além de evitar as faltas e os excessos, também reduz os gastos e dá vazão a algum produto invendável.

Neste artigo, explicamos quais resultados isso pode trazer para o seu negócio e reunimos dicas essenciais para fazer esse controle no varejo. Assim, você aumenta a eficiência da sua loja e melhora a imagem da empresa diante de sua clientela.

Quer entender mais sobre isso? Então, continue a leitura!

Os benefícios do controle de estoque para a gestão do varejo

O controle de estoque é a prática de gerir os produtos da empresa para a gestão correta das mercadorias. Quando ele é feito de forma eficiente, aumenta as vantagens competitivas diante dos seus concorrentes. Mas que benefícios são esses e como eles podem, de fato, aumentar o potencial de vendas? Listamos os principais. Confira!

Minimiza desperdícios no estoque

O excesso de mercadorias estocadas gera perdas tanto de recursos quanto de dinheiro. Manter um estoque cheio de produtos sem giro acarreta altos gastos. Um exemplo seria o vencimento do prazo de validade, que torna o produto invendável e gera prejuízo financeiro. Então, com uma gestão eficiente, não são realizadas compras desnecessárias.

Aumenta a satisfação dos clientes

Quando um cliente não encontra o produto desejado, não se perde apenas aquela venda, mas também vendas futuras. Com a imagem de que faltam itens naquele varejo, o cliente pode buscar outros concorrentes, dando-os força. Já um estoque bem controlado tem todos os produtos necessários, o que mantém a credibilidade da empresa perante o cliente.

Reduz atrasos nas entregas

Caso a empresa trabalhe com entregas, a gestão de estoques permite que se saiba quais os prazos a serem dados ao cliente, o que também gera um salto competitivo. Afinal, o cliente ficaria insatisfeito ao ter sua entrega realizada dias após o combinado devido à falta de mercadoria.

Melhora a organização do armazém

Com um estoque controlado, os itens ficam bem distribuídos e organizados. Por exemplo: quando o cliente solicita um determinado produto, graças ao controle de estoque, se torna muito mais fácil e rápido localizá-lo, o que gera a satisfação do cliente. Portanto, a organização traz economia de tempo. E economia de tempo é economia de dinheiro!

Ajuda a indicar promoções

As promoções de vendas agradam a consumidores antigos e atraem consumidores novos (que podem se fidelizar, caso haja satisfação). O controle de estoque pode orientar o gestor do varejo quanto ao melhor período de lançamento de tais promoções, como quando a quantidade de determinado item é excedida.

Diminui a ocorrência de erros

A utilização de maneiras primárias de controlar o estoque é mais suscetível a erros. Aliando o controle de estoque à tecnologia, se obtém uma comunicação mais uniforme e eficaz nos processos internos da empresa, visto que isso gera um melhor gerenciamento das informações.

  • Facebook
  • Twitter
  • LinkedIn
  • Gmail

Ajusta a empresa às novas tendências

Ajustar-se às tendências é muito importante para que a empresa sempre se mantenha no mercado de maneira competitiva e não se torne antiquada na visão dos clientes. Em relação ao controle de estoque, as soluções integradas, grandes tendências atuais, proporcionam vantagens, como:

  • maior precisão;
  • uniformidade na comunicação;
  • redução de custos;
  • melhorias nos processos;
  • diminuição de erros;
  • facilidades na gestão do varejo.

As dicas para controlar o estoque e vender um produto “invendável”

Como vimos, ter um controle de estoque eficiente dentro do seu varejo é de grande importância, pois, além do potencial competitivo, ainda impede que algum produto se torne invendável. Contudo, planejar tudo isso exige visão estratégica. Por conta disso, elaboramos algumas dicas indispensáveis para o seu negócio. Veja!

Acompanhe o status de cada produto

Utilizar dados concretos para medir se o produto é ou não relevante no mercado é uma prática necessária para conhecer os produtos sem saída e fazer giro de estoque. Para isso, você precisa controlar a situação da mercadoria e acompanhar entradas e saídas. Uma dica é ter relatórios que permitem uma visão ampla sobre isso e em tempo real, fornecendo dados consistentes.

Entenda quais são os produtos invendáveis

Também é importante saber quais produtos estão encalhados e podem trazer prejuízos para a empresa. Os produtos invendáveis são todos aqueles que não giram, ou seja, é dinheiro que está parado. Tente evitar esse tipo de produto girando seu estoque com frequência. Além disso, não compre produtos sem entender a situação atual do estoque. Isso impede o acúmulo de novas mercadorias encalhadas.

Melhore a descrição do produto

Um produto bem apresentado tende a chamar mais atenção de seus consumidores. Por isso, faça descrições claras e diretas sobre as características das mercadorias e use mensagens que valorizem os benefícios para o cliente. Tons positivos e preços amigáveis, por exemplo, costumam atrair mais consumidores e também ajudam a girar o seu estoque.

Você também pode apostar em campanhas promocionais para atrair o seu público e se livrar de alguns produtos encalhados, aumentando a satisfação do seu cliente.

Coloque os produtos em um lugar de destaque

Além das informações claras e atrativas, também é importante destacar os produtos invendáveis na loja, despertando o interesse do consumidor para a compra. Assim, enquanto realiza outra compra, o cliente pode se interessar pelo produto e levá-lo. Por isso, capriche nas vitrines e gôndolas e deixe os produtos à mostra, utilizando outras estratégias para instigar o cliente, como promoções e mensagens persuasivas.

Invista em meios digitais para divulgar

Sabemos que a presença digital se tornou uma peça importante para os negócios, até mesmo para o varejo. Ela ajuda na divulgação do seu negócio, trazendo o cliente até você por meio da segmentação. Nesse sentido, investir em ações de marketing online é uma boa tática para divulgar seu produto e atrair o consumidor ideal, por exemplo:

  • páginas e interações nas redes sociais;
  • anúncios nos sites de busca, como Google;
  • sites e e-commerces;
  • publicação de conteúdos ricos;
  • parcerias com influenciadores digitais.

O controle de estoque eficiente é uma prática fundamental para o sucesso da empresa, pois ele traz equilíbrio entre depósito e consumo.

Com uma solução integrada entre o estoque e a loja, como o Varejo Avançado, você pode obter desde o diagnóstico da operação até a implantação dos melhores processos de gestão, visando à redução de custos, ao aumento de receitas e à lucratividade. Assim, fica mais fácil acompanhar algum produto invendável e gerir seu negócio de forma prática.

Gostou deste artigo? Agora que você entende a importância de ter um estoque eficiente, vamos conversar sobre como reduzir custos na gestão de estoque e varejo!

Você também pode gostar

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

-
Share This