CRIATIVIDADE E SEGURANÇA: ITENS ESSENCIAIS PARA A RETOMADA DO VAREJO DE MATERIAIS DE CONSTRUÇÃO

4 minutos para ler

Desde março, com as primeiras medidas cautelares determinadas pelos governos por conta da pandemia causada pela Covid-19, muitos varejistas viram seu comércio precisar fechar (temporariamente) as portas ou foram impactados por reduções significativas nas vendas.

No entanto, ações criativas em relação à gestão comercial, a ampliação da presença digital e o cuidado com a logística e a segurança na higienização e limpeza das lojas foram algumas das medidas que levaram muitos destes empresários a contornar este cenário e superar as expectativas nas vendas dos últimos meses.

Alguns exemplos de boas práticas

Uma destas lojas, localizada na Grande SP, em Diadema, é a Casa Itália Materiais para Construção. Focada em cumprir com as determinações do setor, a loja teve que adaptar seu atendimento logo no início da quarentena, em março, migrando seu atendimento para um balcão na área externa da loja, com atendimento reduzido, no entanto, garantiu a prestação de serviços a partir do atendimento especializado e da garantia de entrega dos seus produtos.

Uma outra medida adotada pela direção foi intensificar as ações de comunicação nas mídias sociais, mantendo sempre as informações atualizadas em relação às opções de atendimento (presencial ou remoto), promoções e, principalmente, no auxílio à divulgação de medidas preventivas em relação ao combate da doença. Ainda neste sentido, a loja caprichou na distribuição de máscaras e disponibilizou um totem com álcool em gel para garantir a segurança tanto de seus colaboradores como dos clientes em geral.

Ainda pensando na logística, Paulo Gonçalves, gestor da Casa Itália, ampliou as atividades de delivery, facilitando os meios de pagamento e dando a opção do pagamento na entrega. Além disso, ampliou os canais de atendimento em vendas nas mídias sociais e WhatsApp, o que possibilitou aumentar o raio de atendimento da loja, que passou a vender para outras cidades da região do ABC.

De acordo com Paulo, “as iniciativas foram extremamente positivas, conseguimos aumentar a receita no período, além de ampliar a carteira com os novos clientes que foram atingidos por nossas ações digitais”, afirmou Paulo.

Outro exemplo de sucesso neste período foi a loja San Marcos Materiais para Construção, de Itapecerica da Serra, localizada na região metropolitana de São Paulo. Com ações comerciais intensificadas, a loja ampliou seu atendimento via WhatsApp e, durante este período de pandemia, 60% das vendas tiveram origem por este canal.

O gestor da loja, Sérgio Hengles, reforça a importância da presença digital neste momento como um fator essencial para o atingimento das metas e reforço das vendas. “Garantimos nosso fluxo de caixa a partir do trabalho intenso do time comercial e da garantia na qualidade de atendimento, pois nos preparamos para as vendas a partir dos canais digitais, como o WhatsApp, o que proporcionou o ganho de receita no período”, afirmou o gestor.

Diferentemente de outros varejistas, Sérgio viu seu faturamento saltar no período, aumentando em 2% as vendas da loja.

Agora, com a retomada de grande parte das atividades varejistas, o segmento de materiais de construção deve sentir os primeiros impactos positivos nas vendas, tendo em vista a liberação do comércio na maioria das regiões, as ações de apoio econômico anunciadas pelo governo federal e a expectativa do setor da Construção Civil, liberado nesta fase 1 de retomada das atividades econômicas no estado de São Paulo.

Para acompanhar novidades do segmento varejista e outras dicas relacionadas à gestão, assine nossa newsletter e receba em primeira mão nossos materiais. Aqui, você também confere materiais gratuitos sobre o tema: https://blog.infoxnet.com.br/materiais-gratuitos.

 

 

 

Você também pode gostar

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

-
Share This