Quando bem pensada, a cultura da empresa transforma o ambiente de trabalho em um lugar mais agradável, focado e produtivo. O conceito pode ser definido como a junção de hábitos, crenças, políticas internas e externas, comportamentos e valores éticos e morais adotados por uma instituição.

Uma boa cultura organizacional é capaz de motivar funcionários e fazê-los crescer à medida que aumenta a produtividade do negócio, diminui o turnover (rotatividade de pessoal) e reduz o absenteísmo. Sendo assim, investir nesse pilar tão importante para o empreendimento é fundamental para o fortalecimento da marca.

Você tem interesse em alcançar esses e outros benefícios em seu negócio? Então, acompanhe este artigo para conferir algumas dicas para otimizar a cultura da sua empresa!

Estabeleça e formalize os valores da empresa

Pense em tudo o que você deseja passar para seus colaboradores, parceiros comerciais, clientes e público no geral: que marca sua empresa quer deixar no mundo? Além disso, vale a reflexão: o que a diferencia da concorrência?

Ao responder essas questões, ficará mais fácil estabelecer as “palavras de ordem” do negócio, que servirão de alicerces, orientando todas as ações da empresa e definindo como ela será vista no mercado.

Uma vez definidos os valores, é hora de comunicar a todos os colaboradores — inclusive os candidatos em entrevistas. É essencial que essas características estejam presentes diariamente na rotina de trabalho e que todos estejam cientes para que tudo flua da melhor maneira possível.

Reforce a cultura da empresa por meio de ações

De nada adianta ter valores tão interessantes se as ações da empresa não os refletirem. Sendo assim, gestores e líderes precisam reforçar esses pontos de tempos em tempos. Isto é, dar o exemplo aos demais colaboradores.

A atitude da liderança é fator primordial para reforçar os valores contidos na cultura da empresa. Portanto, elimine os comportamentos inapropriados e incentive a construção de compromissos com o desempenho entre as equipes.

Lembre-se de que a cultura fica evidente no modo de falar adotado pelas pessoas da organização, pelos rituais que praticam e participam, nos símbolos usados na decoração e logos, e nas recompensas oferecidas. Em suma, os valores de uma cultura, em essência, são formados pela mentalidade de seus fundadores.

Contrate e mantenha quem se enquadra na cultura da empresa

Considerando que a cultura organizacional é diretamente influenciada pelas pessoas que colaboram na empresa, é essencial que o processo de contratação seja bem planejado para manter sempre aqueles que verdadeiramente sejam compatíveis com os valores que a instituição deseja transmitir.

Para isso, porém, é preciso que a cultura da empresa esteja bastante clara de modo que não venha necessitar de uma revisão, seja por motivo de linguajar complicado, falta de divulgação ou qualquer outro obstáculo para o desenvolvimento do negócio.

Isso é importante para não correr o risco das ações resultarem em falta de sinergia entre a equipe e desconfortos que acarretem em gastos — que poderiam ser evitados — com troca de pessoal e baixa produtividade, por exemplo.

Conceda política de recompensas

Além de atrair funcionários que se espelham na cultura da empresa, é bom para o negócio trabalhar com pessoas que se sintam motivadas, reconhecidas e realizadas com suas tarefas, pois isso faz com que o clima do ambiente melhore.

Uma empresa que preza por uma boa cultura organizacional sabe que é fundamental cuidar dos seus colaboradores e recompensá-los por darem sempre o melhor pelo negócio. Sendo assim, estabelecer uma política de recompensas justa pelos resultados é uma forma de investir nos trabalhadores e garantir sempre a manifestação da cultura — uma vez que são eles os maiores responsáveis por isso.

Entendeu o quanto a cultura da empresa é importante para obter melhores resultados? Propagar bons valores, cuidar dos funcionários e saber se relacionar com o público são medidas que impactam diretamente na produtividade e, consequentemente, no aumento dos ganhos do negócio.

Gostou deste artigo? Então, não deixe de compartilhá-lo em suas redes sociais! E se gostou deste conteúdo, acreditamos que também possa se interessar por este e-book gratuito: “6 passos para melhorar a gestão do seu negócio”.

 


Share: